4 de junho de 2014

TEXTOS | Ministério da saúde lança publicação que inclui artigo sobre homens e cuidado, produzido por Jorge Lyra e Ricardo Castro

O Ministério da Saúde lançou nesta terça-feira, dia 03 de junho de 2014, o volume 4 dos Cadernos HumanizaSUS, tendo como foco a humanização do parto e do nascimento.

Esta coletânea foi produzida a partir de esforços da Rede de colaboração para a humanização da gestão e da atenção no SUS (HumanizaSUS) e inclui, entre outros, um texto específico sobre os homens na cena do parto, que explora aspectos relativos a vivências, direitos e humanização em saúde, produzido por Jorge Lyra (Gema/UFPE) e Ricardo Castro (Instituto PAPAI; IFPE).

Os cadernos HumanizaSUS são produzidos e impressos pela Editora do Ministério da Saúde, em parceria com a Editora da Universidade Estadual do Ceará.

Para acessar a versão online completa da publicação clique AQUI.

Cadernos HumanizaSUS
A coletânea Cadernos HumanizaSUS é uma iniciativa do Ministério da Saúde, por meio da Política Nacional de Humanização (PNH) da Secretaria de Atenção à Saúde, que visa reunir textos sobre temas importantes da saúde pública, à luz das diretrizes da PNH. Já foram lançadas três edições anteriores, sobre Formação Intervenção, Atenção Básica e Atenção Hospitalar. O quinto volume está em fase de editoração, e tem como foco a Humanização em Saúde Mental. Todos os livros já editados podem ser acessados na íntegra na Área PNH da Rede Humanizasus.

Sobre esta publicação
O novo  livro da Política Nacional de Humanização possui mais de 450 páginas e traz conteúdo diversificado e discussões atuais sobre temas que envolvem a humanização do parto e nascimento no Brasil. Com 16 artigos científicos, sete relatos de experiências exitosas e quatro reportagens, os assuntos apresentam desde o histórico do modelo de atenção ao parto e nascimento, a importância do apoio institucional nas maternidades, o papel dos movimentos sociais na garantia dos direitos das mulheres e bebês, o olhar do homem na cena do parto, a experiência do parto domiciliar, análises sobre a presença das doulas e o direito ao acompanhante, os diferenciais das parteiras, projetos inovadores na atenção básica, entre outros temas. As organizadoras da publicação foram Cátia Martins; Célia Nicolotti; Michele Vasconcelos; Renata Melo e Vera Figueiredo.

Licença CC 
Esta obra é disponibilizada nos termos da licença Creative Commons (Atribuição "Não Comercial" Compartilhamento pela mesma licença 4.0 Internacional). Portanto, é permitida a reprodução parcial ou total, desde que citada a fonte. A coleção institucional do Ministério da Saúde pode ser acessada, na íntegra, na Biblioteca virtual em Saúde do Ministério da Saúde: <www.saude.gov.br/bvs>.

Mais informações:
Política Nacional de Humanização
Fone: (61) 3315 9130