12 de setembro de 2013

UFPE divulga resultados de pesquisa realizada na Parada da Diversidade de Pernambuco

A pesquisa foi realizada em Recife  teve como um dos objetivos mapear padrões de  violência e discriminação contra o público LGBT

Na semana que antecede a 12ª Parada da Diversidade de Pernambuco, a Universidade Federal de Pernambuco, em iniciativa conjunta com o Instituto Papai e Fórum LGBT-PE, lança resultados de pesquisa sobre “Política, direitos, violência e homossexualidade”, a partir de dados coletados durante o evento, no ano passado.

Sob coordenação do Prof. Dr. Benedito Medrado do Núcleo Gema/UFPE e envolvendo mais de 60 pesquisadores, esta pesquisa teve como objetivos revelar aspectos pouco conhecidos do perfil sócio-político dos participantes das paradas brasileiras e, por extensão, da população LGBT que se concentra nas grandes cidades do país; e mapear padrões de violência e discriminação que atingem gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais, através de uma “amostra por conveniência”, ou seja, uma amostra aleatória obtida no contexto da Parada.

Esta pesquisa já foi realizada em vários estados brasileiros (Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Pará etc.) e em vários países (Argentina, Chile, Bogotá, México etc.), sendo realizada no  pela primeira vez Recife há 7 anos, em 2006. Em 2012, foram entrevistados 652 participantes da Parada da Diversidade, durante a concentração do evento.

Esta iniciativa é uma ação conjunta coordenada, em Pernambuco, pelo Núcleo de Pesquisas em Gênero e Masculinidades (Gema/UFPE), Instituto Papai e Fórum LGBT de Pernambuco, com a colaboração do Centro Latino-Americano em Sexualidade e Direitos Humanos (CLAM/IMS/UERJ) e apoio do CNPq.

Serviço: Coletiva de Imprensa – Divulgação dos dados da pesquisa “Política, direitos, violência e homossexualidade”
Local: Hotel Jangadeiro - Avenida Boa Viagem, n° 3114
Hora: 8h