12 de junho de 2014

Campanha sobre enfrentamento da exploração sexual na Copa do Mundo no Brasil

O Promundo, ONG sediada no Rio de Janeiro,  lançou no dia 26 de maio, a campanha “Não é curtição, é exploração sexual contra crianças e adolescentes”, que pretende chamar atenção e prevenir a exploração sexual de crianças e adolescentes (ESCCA) no período da Copa do Mundo no Brasil.

A campanha circulará por 11 cidades durante a Copa do Mundo (Rio, São Paulo, Salvador, Fortaleza, Natal, Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte, Manaus e Recife), sendo que cinco delas (Rio, São Paulo, Salvador, Fortaleza e Natal) têm os maiores índices de práticas violentas contra jovens e crianças. 

Para conhecer mais a campanha acesse: 


Sobre os materiais

O ex-jogador Jorginho, que foi lateral direito da Seleção Brasileira campeã do Mundo em 1994, participou de vídeos da campanha que circularão nas redes sociais, em televisões de prédios comerciais e nos cinemas: Cine Santa Teresa, Cine Cândido Mendes e Cine Museu da República. 

Entre as peças da campanha estão: um hotsite, páginas nas redes sociais Twitter e Facebook, cartazes e cartões postais que serão fixados em bares e restaurantes das principais cidades-sede, e um ‘Guia do Torcedor’ que será distribuído próximos aos estádios das cidades-sede. No Rio de Janeiro, os cartazes da campanha serão fixados em carros do Metro-Rio e na estação da Cinelândia.

As peças da campanha estão disponíveis no hotsite para serem impressas por pessoas e organizações que queiram aderir à causa: aqui!

Fonte: Instituto Promundo